a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

O que você está procurando?

>Notícias >Por que é tão necessário debater e investir na mobilidade urbana?

Por que é tão necessário debater e investir na mobilidade urbana?

Com uma população de mais de 208 milhões de habitantes, devendo chegar a mais de 233 mi, em 2047, segundo o IBGE, os investimentos em novas formas de locomoção nas cidades brasileiras são necessários e urgentes.

 

No Brasil, os municípios com mais de 500 mil habitantes, total de 46, concentram 31,2% da população, ou seja,  64,9 milhões de habitantes, de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Por outro lado, a maior parte dos municípios brasileiros (68,4%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,4% da população (32,1 milhões de habitantes). Ainda segundo o órgão, a população geral do país soma mais de 208 milhões de habitantes e deve ultrapassar 233 milhões em 2047.

Nesse sentido, os três estados mais populosos do país estão na região Sudeste. São Paulo continua sendo o município mais populoso, com 12,2 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões); e Brasília e Salvador com cerca de 3,0 milhões de habitantes cada. Os dados reforçam a necessidade de investimentos em novas formas de locomoção nas cidades, como a integração de sistemas já operantes e a implantação de novos meios de transportes.

 

Destaques em Mobilidade e Acessibilidade
Quando se trata de Mobilidade e Acessibilidade, a capital paulista se destaca entre as demais cidades brasileiras. São Paulo alcançou a primeira colocação na modalidade nas quatro edições do Ranking Connected Smart Cities, principal estudo sobre cidades inteligentes do Brasil e que conta com a participação de cerca de 700 cidades, que são analisadas a partir de 70 indicadores.

A capital conta com 2,82 km de modais de transporte coletivo de massa por 100 mil habitantes, 3,87 km de ciclovia por 100 mil habitantes, 32 destinos aeroviários em Congonhas e facilidade de acesso a Guarulhos, além de transporte rodoviário interestadual com grande ramificação, para quase 700 destinos interestaduais e 9,1% dos domicílios contam com rampa de acesso para cadeirante no entorno.

O estudo, desenvolvido pela Urban Systems em parceria com a Sator, enfatiza que São Paulo, no quesito Mobilidade e Acessibilidade, apesar de seus problemas, ainda destaca-se como a mais inteligente no Brasil. Nesse sentido, o Plano Diretor da cidade, desenvolvido com premissas para a descentralização e com restrições de adensamento em determinadas áreas e incentivo àquelas com maior infraestrutura de transporte, são fatores que poderão a médio e longo prazo causarem impactos ainda mais positivos na capital.

Acompanhe as dez cidades brasileiras que se destacam em Mobilidade e Acessibilidade, de acordo com o Ranking Connected Smart Cities 2018:
1º – São Paulo (SP);
2º – Brasília (DF);
3º – Rio de Janeiro (RJ);
4º – Guarulhos (SP);
5º – Campinas (SP);
6º – Salvador (BA);
7º – Curitiba (PR);
8º – Belo Horizonte (MG);
9º Recife (PE);
10º – Rio Branco (AC).

 

Dados dos sistemas de transportes no país
Atualmente, a malha brasileira dos transportes sobre trilhos é de  1.105 km de extensão, onde são transportados diariamente 10,9 milhões de passageiros, conforme dados da ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos.

Já a frota nacional de ônibus operante é de 98.975, segundo a NTU -Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos que aponta, ainda, a distribuição das viagens dos brasileiros, de acordo com o meio de transportes (dados atualizados em abril de 2019):
41% – A pé;
28% – Transporte coletivo (85,7% das viagens são realizadas por ônibus e 14,3% por trilhos e outros);
25% – Automóvel;
4% – Motocicleta;
2% – Bicicleta.

O tema Mobilidade Urbana será amplamente debatido no Connected Smart Mobility, a revolução da Mobilidade, que acontece paralelo ao Connected Smart Cities, nos dias 17 e 18 de setembro, em São Paulo.

Quer saber como participar? Clique aqui!

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO