A cidade também se destaca na terceira posição na região Sudeste e ocupa o segundo lugar entre as cidades de 100 a 500 mil habitantes 

 

São Caetano do Sul é a sexta colocada no Ranking Geral do Connected Smart Cities 2021, e ocupa a primeira posição no eixo Segurança. São Caetano obtém, ainda, a segunda colocação entre todas as cidades de 100 a 500 mil habitantes, e destaca-se em terceiro lugar entre as cidades da região Sudeste. O primeiro lugar geral no Ranking ficou com São Paulo, o segundo foi para Florianópolis (SC), seguido de Curitiba. Na quarta posição está Brasília, e, em quinto, se posicionou Vitória (ES). A sétima colocação é do Rio de Janeiro (RJ), seguida por Campinas (SP), Niterói (RJ) e Salvador (BA).  

O Centro de Convenções Frei Caneca sedia, entre hoje e sexta-feira, a 7a.edição do evento  nacional Connected Smart Cities e Mobility, que destaca as cidades mais inteligentes do país com a apresentação do Ranking e ainda com o Prêmio Connected Smart Cities que traz 10  finalistas com negócios inovadores para as cidades. Neste ano, o evento acontece em formato híbrido, presencialmente, nesta quarta e quinta-feira, e ,de forma digital, até sexta, 03.  

O resultado do Ranking Connected Smart Cities 2021, estudo elaborado pela Urban Systems, em parceria com a Necta, foi apresentado durante a Cerimônia de Abertura do evento para autoridades, empresários e especialistas nacionais e internacionais. O Ranking mapeia todos os 677 municípios com mais de 50 mil habitantes. O objetivo é definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil. A edição 2021 do estudo conta com 75 indicadores ( 5 a mais que o ano anterior), que atestam serviços inteligentes nas cidades.

O resultado é apresentado em 4 frentes: posição geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional. O estudo é composto pelos indicadores de mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, eixos temáticos discutidos no evento nacional do Connected Smart Cities & Mobility.

“Nesses sete anos de atuação, a Plataforma Connected Smart Cities vem desempenhando papel fundamental junto às empresas, entidades e governos na busca pela inovação, tendo como objetivo fundamental tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas, comenta a CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, Paula Faria.

DESTAQUES SÃO CAETANO DO SUL

O prefeito interino de São Caetano do Sul, Anacleto Campanella Junior (CIDADANIA), cita que “cidade inteligente é uma cidade conectada, com sistemas integrados e alto padrão de qualidade nos serviços públicos”. O prefeito interino também comenta que “o Connected Smart Cities contribui significativamente na medida em que estimula o compartilhamento destas boas práticas entre as cidades”

Segundo o chefe do executivo, são muitos exemplos em São Caetano que estão tornando a cidade mais inteligente. O Cartão São Caetano unifica e universaliza o acesso aos serviços públicos, o Centro de Gerenciamento de Emergências opera 352 câmeras de monitoramento, o prontuário eletrônico eliminou as fichas em papel para a marcação de consultas e exames na Saúde, o Google for Education é a plataforma que fez de São Caetano referência no ensino remoto durante a pandemia; e o Wi-Fácil proporciona internet grátis nas praças e parques públicos.

“Trabalhamos com indicadores e planos de metas. O planejamento é preparado por meio dos sistemas e instrumentos da administração pública, como o PPA, a LDO e a LOA. Monitoramos as ações governamentais com foco no resultado, em políticas que, de fato, resultem na melhora da vida das pessoas. Fazemos mais ações com menos recursos”, afirmou Anacleto Campanella Junior .

SÃO CAETANO DO SUL EM NÚMEROS

São Caetano do Sul está localizada na região metropolitana da Grande São Paulo e faz parte do Grande ABC. A cidade possui o melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil, apesar de ser um indicador que depende do Censo para sua atualização no nível municipal. São Caetano conta com bons índices de segurança, educação, saúde e renda, que impactam na métrica acima, o que evidencia uma futura boa colocação neste índice (IDHM), quando apurado.

Em Segurança, destacam-se os baixos índices de homicídios, 7,4 para cada 100 mil habitantes. Em relação a mortes por acidente no trânsito, são 3,7 para cada 100 mil habitantes. O investimento em segurança é elevado e figura em R$303,32 por habitante, além da existência de um Centro de Controle e Operações na cidade.

No âmbito de Educação, recorte em que a cidade já figurou na primeira posição entre as mais bem colocadas, São Caetano tem uma das notas mais elevadas no IDEB nos anos finais, 6,2. A taxa de abandono é de 0,5% no 1º ano do ensino médio público, o investimento per capita soma quase 3 mil reais em educação, e a disponibilização de 200 computadores, tablets ou outros dispositivos são para cada 1.000 alunos na rede pública.

Em Saúde e Meio Ambiente, São Caetano conta com mais de 6 leitos para cada mil habitantes (a OMS recomenda entre 3 a 5 leitos para cada mil). São 534 médicos para cada cem mil habitantes, mortalidade infantil de 1,9 óbitos para cada mil nascidos vivos, e investimento de R$2.560 por pessoa.

Em Economia e Empreendedorismo, a cidade registra crescimentos espetaculares: 14,7% das empresas de tecnologia, 10,7% das empresas de economia criativa, 18,7% das Microempresas individuais (MEIs), 1,21% do PIB per capita, 6,41% dos empregos em 2021, e 94,1% de independência dos empregos do setor público, com 0,83 empregos formais para cada habitante em idade ativa.

Além da melhor colocação no recorte de Segurança do Ranking Connected Smart Cities, a cidade de São Caetano do Sul destaca-se como a 2ª mais bem posicionada nos recortes de Educação e Economia, e 4ª mais bem posicionada nos eixos de Governança e Saúde.

DESTAQUES RANKING CONNECTED SMART CITIES 2021

A região Sudeste concentra as cidades mais inteligentes e conectadas, seis municípios estão entre os 10 mais bem colocados. Duas cidades da região Sul, e uma do Centro-Oeste também são destaques. A região Norte conta com Palmas (TO)  entre as 10 mais em 2021. A capital tocantinense está na 35ª colocação no Ranking Geral.  

Na classificação por região, Brasília (DF), no Centro-Oeste, é a 1ª colocada no Ranking. No Nordeste é Salvador (BA). Palmas (TO) representa a região Norte. São Paulo (SP) lidera no Sudeste, e Florianópolis (SC) se destaca no Sul. Jaguariúna (SP) aparece em primeiro lugar entre as cidades de 50 a 100 mil habitantes, e, de 100 a 500 mil, está Vitória (ES). Acima de 500 mil habitantes, novamente, São Paulo é a líder. 

Para o Presidente da Urban Systems e sócio da Plataforma Connected Smart Cities, Thomaz Assumpção, o Ranking Connected Smart Cities, ano a ano, vem auxiliando as cidades a entenderem o seu nível de desenvolvimento inteligente e sustentável, oferecendo parâmetros para que as cidades possam se planejar e criar estratégias para tornarem-se mais humanas e propiciar qualidade de vida a seus habitantes.  

“A edição 2021 do Ranking, mesmo com as alterações de indicadores, trazendo alguns que refletem as soluções já implantadas, apontou que algumas cidades permanecem em posições de destaque, mostrando que estas estão no caminho de trazer qualidade de vida aos seus habitantes, enquanto outras, mesmo com alteração no estudo, permanecem distante das posições ideais e precisam olhar com atenção ao planejamento da cidade”, disse Assumpção.

OS VENCEDORES POR EIXO TEMÁTICO

O primeiro lugar em Urbanismo foi para Curitiba; Mobilidade e Acessibilidade: São Paulo (SP); Meio Ambiente: Balneário Camboriú (SC); Empreendedorismo: Curitiba(PR); Economia: Barueri (SP); Tecnologia e Inovação: Rio de Janeiro (RJ); Saúde: Belo Horizonte (MG); Educação: Vitória (ES); Segurança: São Caetano do Sul (SP); e Governança: Niterói (RJ).

PRÊMIO CONNECTED SMART CITIES

 

O Prêmio Connected Smart Cities consiste em reconhecer e premiar negócios inovadores que colaborem para que as cidades possam ser mais inteligentes. A apresentação dos empreendedores e as soluções das categorias Negócios em Operação e Negócios Pré-Operacionais, assim como o anúncio dos ganhadores em cada categoria, acontece amanhã, 02, a partir das 09h. 

 

SERVIÇO

 

7a.Edição Connected Smart Cities & Mobility

Datas: 01, 02 e 03 de setembro de 2021

Local: Centro de Convenções Frei Caneca (SP), dias 01 e 02; e de forma digital nos dias 01,02 e 03

Mais informações:  https://evento.connectedsmartcities.com.br/

Imagens Connected Smart Cities e Mobility: https://www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums

Organização: Necta (www.nectainova.com.br) e Urban Systems https://www.urbansystems.com.br/

 

 

Sobre o Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities é a principal iniciativa do setor de cidades inteligentes e mobilidade urbana do Brasil, e um dos maiores eventos da América Latina. É realizado pela Necta e a Urban Systems e envolve empresas, entidades e governos. O evento  faz parte da Plataforma Connected Smart Cities, que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.

 

Ranking Connected Smart Cities: O estudo é desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Necta. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica. 

 

Acesso à plataforma online de consulta ao Ranking Connected Smart Cities: http://ranking.connectedsmartcities.com.br/  

Todos os indicadores do Ranking Connected Smart Cities 2021 estão disponíveis em: https://conteudo.urbansystems.com.br/csc_urban_atual 

 

 

Mais Informações à Imprensa

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities e Mobility

Patrícia Esteves (Mtb 49995)

+55 13 9 8808-8470