a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

O que você está procurando?

>Posts tagged "Mobilidade aérea urbana"

Com o objetivo de incluir o transporte aéreo na pauta da mobilidade urbana do Brasil, o Connected Smart Cities e Mobility apresentarão as tendências mundiais, integração e conectividade para esse segmento,  destacando os serviços que já estão em operação no país

 

CREDENCIAMENTO IMPRENSA: Os jornalistas deverão solicitar o credenciamento pelo e-mail: imprensa@sators.com.br (Jornalista Eliane Jerônimo Bueno).  É necessário informar: nome, função, veículo e contatos.

 

Nos dias 17 e 18 de setembro, São Paulo recebe o Connected Smart Cities e Mobility, mais importantes iniciativas de cidades inteligentes e mobilidade do país, respectivamente. Os eventos acontecem no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital paulista, e irão reunir especialistas nacionais e internacionais e exposição de empresas, que apresentarão as tendências mundiais para o transporte aéreo urbano, destacando como a integração e a conectividade podem revolucionar a forma de os brasileiros se locomoverem nos próximos anos.

Entre os temas do Connected Smart Mobility, Tendências se destaca e traz o conceito MaaS – Mobilidade como um serviço, que visa oferecer aos usuários soluções de mobilidade com base em suas necessidades de viagem. “Teremos uma abordagem ampla e efetiva com o objetivo de apresentar os melhores caminhos para o Brasil quando se trata da mobilidade aérea urbana, no sentido de acompanhar as tendências mundiais e discussões de políticas para esse setor. Voltado ao tema, o evento contempla o Painel Mobilidade aérea, drones, EVTOL: Como o Brasil está se preparando para as novas tendências que irão mudar o cenário de mobilidade urbana no mundo, entre outros painéis”, enfatiza a idealizadora das plataformas Connected Smart Cities e Mobility e diretora executiva da Sator, Paula Faria.

De acordo com o diretor da Airbus Urban Air Mobility – América Latina, Darcy Olmos Mancilla, até 2030, 60% da população mundial será urbana, 80% da qual viverá em países de renda baixa ou média, com 90% do crescimento da população urbana vindo de países em desenvolvimento. “A América Latina já é muito urbana, onde mais de 80% das pessoas vivem em áreas urbanas e a previsão é que essa proporção se aproximará de 90%. A nossa região representa 8% da população mundial, mas temos 11 das 100 cidades mais poluídas do mundo e, em termo de congestionamento, o tempo extra perdido (em média por ano) pelas pessoas, em São Paulo, é de 154 horas e de cerca de 199 horas, no Rio de Janeiro, ao mesmo tempo que a quantidade de carros no Brasil é de 90 a 100 milhões e esse número continua crescendo”, disse.

Palestrante na Cerimônia de Abertura dos eventos e em painéis sobre o tema, Mancilla cita que mobilidade aérea urbana é mais do que um veículo elétrico que decola e pousa na vertical ou um “táxi voador”. “Ao contrário, é um ecossistema completo que precisa ainda ser criado e, considerando as características de um país como o Brasil e a nossa presença local há mais de 40 anos, representa uma grande oportunidade de criarmos juntos o próximo capítulo da aviação e da mobilidade, ao abraçarmos a inovação. Isso tudo está totalmente alinhado com o Connected Smart Cities e Mobility.”

Infraestrutura
O presidente do Instituto Brasileiro de Aviação (IBA) e sócio da CFLY Aviation, Francisco Lyra, um dos palestrantes sobre o tema Mobilidade Compartilhada, com foco na desmitificação da aviação executiva como um transporte de luxo e integração na mobilidade urbana, afirma que o empresário que utiliza a aviação privada está apenas praticando ativamente a gestão eficaz de seu próprio tempo. “Creio que, analogamente ao transporte de automóveis, a aviação executiva tem o seu papel na integração e capilaridade de um sistema de transporte. Além disso, os sistemas de táxi e aplicativos fazem um papel intermediário e moderno de conectar os cidadãos aos seus destinos, com eficiência, compartilhamento e economia de recursos. Em uma cidade como São Paulo, onde existem sérias carências de infraestrutura de mobilidade urbana, somado ao baixo crescimento das linhas subterrâneas de metrô e à baixa velocidade nas linhas de superfície como ônibus, por exemplo, o transporte aéreo urbano desponta como uma solução viável, exequível e de curto prazo e investimentos de implementação”, disse.

Regulamentação
Para o Chefe do Subdepartamento de Operações do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, não há como se falar em mobilidade aérea, delivery e EVTOL, por exemplo, considerando apenas o gerenciamento de tráfego aéreo (ATM). “Apesar de 75 anos de ATM bem regulado e consolidado, para atender o novo cenário de mobilidade aérea urbana é necessário o estabelecimento de um cenário que comporte, com segurança, as crescentes demandas de drones. Estão sendo feitas parcerias, reuniões, possíveis contratações e grupos de trabalho para definição dos requisitos que atendam às necessidades advindas da mobilidade aérea urbana. É preciso garantir que todos esses players dividam o mesmo ambiente aéreo com segurança. Nesse sentido, para que seja possível a implantação de projetos de mobilidade urbana, faz-se necessário o estabelecimento de parcerias entre a Indústria, a Academia e as Autoridades Reguladoras.”

 

Connected Smart Cities e Mobility
A 5ª Edição do Connected Smart Cities reunirá os diversos agentes relacionados aos governos, empresas e entidades nacionais e internacionais. Com foco na mobilidade do Brasil, o Connected Smart Mobility trará uma Agenda Estratégica e, nesse sentido, a programação do evento contempla os temas: mobilidade para as pessoas, mobilidade ativa, mobilidade compartilhada, veículos elétricos, análise de dados, conectividade & integração e tendências.

“Essa edição dos eventos conta com muitas novidades que, além de formato inovador, arena de drones, espaço relacionado à Agenda Estratégica sobre o tema e geotcnologias; Contempla ainda: sorteio de passeio de helicóptero (alinhado com a pauta de mobilidade aérea urbana); exposição de tecnologias e soluções para cidades inteligentes; espaço voltado para as startups do setor; test drive de patinetes e bicicletas; Experiência de realidade virtual; Relax lounge com quick massage; Espaço Speed Dating com tela de LED com as informações das reuniões;  Fórum com a participação dos mais importantes especialistas nacionais e internacionais no setor; entre outros diferenciais. São cerca de 300 palestrantes e 90 painéis, com apresentações simultâneas em 9 palcos, além da presença de prefeituras e 60 entidades nacionais e internacionais. Durante a Cerimônia de Abertura dos eventos, teremos o anúncio do Ranking Connected Smart Cities 2019”, comenta Paula Faria.

 

Serviço
Connected Smart Cities e Mobility
Data:
 17 e 18 de setembro de 2019
Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, São Paulo/SP
As imagens do Connected Smart Cities podem ser acessadas por meio do link:www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums
www.connectedsmartcities.com.br

www.connectedsmartmobility.com.br

CREDENCIAMENTO IMPRENSA: Os jornalistas deverão solicitar o credenciamento pelo e-mail: imprensa@sators.com.br (Jornalista Eliane Jerônimo Bueno).  É necessário informar: nome, função, veículo e contatos.

 

Sobre a Sator
A Sator nasceu em 2005 como uma empresa de produção de eventos, passou a oferecer serviços de comercialização e comunicação para os eventos que organizava e, mais recentemente, descobriu-se como uma organização desenvolvedora de plataformas de negócios, que consiste em identificar, planejar e desenvolver oportunidades por meio de encontros presenciais, como seminários, feiras, rodadas de negócios, mídia online e impressa.

A empresa conta com uma ampla experiência na organização de eventos de aviação, tais como: a Labace – Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (2007 a 2009), a Feira Nacional de Aviação Civil com curadoria técnica da ANAC (2008 a 2010), o Broa Fly-in (2006 a 2008), o Road Show Chile (2012), a Airport Infra Expo (2011 a 2018), Aviação em Debate (2015) e o IBAS – International Brazil Air Show (2017 e 2019). Também é responsável pelo Connected Smart Cities (2015 a 2019), PPP Awards & Conference (2017 e 2019), Fórum de Mobilidade (2018), Fórum Nacional do Combate à Criminalidade (2018 e 2019), Festival ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos (2019) e Connected Smart Mobility (2019).

 


Mais Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities e Mobility
Eliane Jerônimo Bueno (Mtb 50559)
+55 11 9 9234-4911
E-mail: imprensa@sators.com.br

 

Com o objetivo de incluir o transporte aéreo na pauta da mobilidade urbana do Brasil, o Connected Smart Cities e Mobility apresentarão as tendências mundiais, integração e conectividade para esse segmento,  destacando os serviços que já estão em operação no país   CREDENCIAMENTO IMPRENSA: Os jornalistas deverão solicitar o credenciamento pelo e-mail: imprensa@sators.com.br (Jornalista Eliane Jerônimo Bueno).  É necessário informar: nome, função, veículo e contatos.   Nos dias 17 e 18 de setembro, São Paulo recebe o Connected Smart Cities e Mobility, mais importantes iniciativas

Com operações em São Paulo desde 2017, a Voom apresentou em 2019 crescimento de 62% no número de viagens concluídas, contando atualmente com mais de 100 mil usuários cadastrados no sistema. Para apresentar a tecnologia utilizada no compartilhamento de viagens de helicópteros que tem revolucionado a mobilidade aérea urbana, entrevistamos o Chief Operating Officer da Voom, Olivier Capoulade.   Com programação voltada para a revolução da mobilidade urbana, o Connected Smart Mobility acontece paralelo ao Connected Smart Cities e será realizado em

EDIÇÃO 2019

PATROCÍNIO APRESENTADOR

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL

FORNECEDOR OFICIAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO